4 dicas para não ser reincidente no atraso de contas

Saiba como ajustar as finanças para evitar dores de cabeça com dívidas

Sabe aquela sensação de eliminar as dívidas? É um alívio para o bolso e para as preocupações! Se você já passou por isso, sabe bem do que estamos falando… No entanto, nem sempre esse alívio dura para sempre ou por muito tempo. Levantamento recente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do SPC Brasil mostrou que 78% dos consumidores que foram negativados em abril são reincidentes, isto é, já apareceram no banco de dados com atraso em contas nos últimos 12 meses.

Deste total, mais da metade dos devedores ainda tinha a dívida anterior pendente, o que deixa a situação ainda mais desconfortável para esta parcela dos consumidores. Colocar duas ou mais contas em dia torna-se um desafio maior e demanda ainda mais atenção no controle e gestão das finanças pessoais. Sem esse controle e objetivos definidos, a “bola de neve” das contas pode crescer ainda mais.

Está com uma dívida, quer sair dela e não arrumar novas? Já colocou a conta em dia e não quer voltar aos tempos de preocupações com as dívidas? Preparamos uma lista de quatro dicas básicas e fundamentais para colocar em prática agora mesmo. Mudanças simples na rotina e no controle das finanças possibilitam grandes resultados.

Além disso, tem uma dica bônus que vale ouro e você pode usar em qualquer momento, seja para se livrar de uma dívida, colocar o nome em dia ou não deixar uma conta virar dívida.

Analise atrasos de pagamentos anteriores

Estamos falando sobre reincidência em dívidas. Ou seja, já aconteceu atraso em pagamento de outra conta há algum tempo. Como diz o clichê, vale a pena olhar os erros do passado para evitar cometê-los novamente no futuro. Essa ideia também é válida para as dívidas!

Lembre-se das suas contas atrasadas e responda algumas perguntas: Por que teve dificuldade em pagar? Qual era sua situação financeira naquele momento? Aconteceu algum imprevisto nas finanças? O atraso poderia ser evitado de alguma forma? Com essas informações, você passa a entender o que pode ter acontecido e evitar que algumas atitudes comprometam o pagamento de novas contas.

Conheça suas contas e seu orçamento

Muitos atrasos em pagamento de contas acontecem por pequenos descuidos com as finanças pessoais ou falta de planejamento. Portanto, uma das principais lições para quem quer colocar as contas em dia é conhecer sua situação financeira. Sem entendê-la não há como organizá-la.

Antes de pensar em desesperar, coloque tudo no papel (ou no computador) para conhecer suas contas e seu orçamento atuais. Liste tudo o que precisa ser pago. Em caso de parcelamentos, faça projeções para os meses seguintes. Depois, analise suas receitas. Identifique se as contas cabem nesse orçamento ou não e comece a organizar a curto, médio e longo prazos.

Renegocie as dívidas

Já sabe quem uma conta vai vencer e está com dificuldade para pagar? Busque o credor e tente uma renegociação. Em caso de dívidas já existentes, a ideia também é válida. Tente a renegociação com as dívidas que geram juros mais altos em primeiro momento. Uma vantagem da renegociação é que a dívida para de crescer no ritmo que estava anteriormente.

Faça uma reserva de emergência

Imprevistos acontecem quando menos esperamos. Os impactos deles, quando envolvem dinheiro, podem ser minimizados quando há planejamento e uma reserva de emergência. Se o carro apresenta problema ou há necessidade de atendimento médico, por exemplo, com certeza alguns gastos serão necessários. De onde o dinheiro sairá?

Para evitar comprometer as contas regulares e atrasar pagamentos, a reserva de emergência é a solução. Não é um investimento, mas uma reserva para uso em casos de real necessidade. Montar a reserva de emergência pode levar tempo, mas a organização financeira é capaz de facilitar o processo e gerar o resultado esperado.

Bônus: parcele contas no cartão de crédito

Você sabia que é possível parcelar diversas contas no cartão de crédito? Conta de luz, mensalidade escolar, parcela de financiamento de veículo, mensalidade do plano de saúde, impostos e outros boletos podem ser parcelados em até 12 vezes nos cartões de crédito! A vantagem é oferecida pela fintech Deixaqueeupago, que democratiza o acesso ao pagamento de contas com taxas justas.

O funcionamento é simples e o atendimento realizado totalmente online. Basta fazer um cadastro no site, enviar o boleto, aguardar a proposta e parcelar em até 12 vezes nos cartões. A conta é paga na hora, eliminando de vez aquela pendência financeira e garantindo o fôlego necessário para suas finanças. Por operar de forma online, a taxa de juros oferecida é a menor possível, mas tudo é explicado antes de você concluir a transação.

Saiba mais sobre o Deixaqueeupago agora mesmo e como sair de vez das dívidas (ou nem entrar em uma!). Acesse www.deixaqueeupago.com.br e conheça o jeito novo de pagar as contas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s