5 dicas para aproveitar a Black Friday sem descontrolar as finanças

Consumidor deve ter cuidado com as compras por impulso e realizar pesquisas antes e durante a campanha de liquidações

Quem não gosta de fazer compras com descontos?! Se você está nesse grupo (com certeza está!), espera ansiosamente todos os anos pelas boas surpresas que a Black Friday pode oferecer. Iniciada nos Estados Unidos e principalmente em lojas online, a campanha ganhou o mundo e as lojas físicas. No Brasil o cenário não é diferente. Milhões de brasileiros esperam a data e aproveitam as promoções para as compras de presentes de fim de ano ou para a realização de alguns sonhos de consumo.

A data já é uma das principais para o varejo brasileiro e, segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), seis em cada dez consumidores devem fazer compras na Black Friday em 2018, o que representa um aumento de 18% em relação ao ano anterior.

Com tantas ofertas e com o elevado desejo de comprar, o consumidor deve ter cautela para que as vantagens de um dia não passem a ser pesadelos e dívidas nos meses seguintes com o comprometimento do orçamento. Ter controle nos gastos e fazer compras conscientes, sempre levando em consideração a atual situação financeira e provisão de outros gastos, faz com que a data seja aproveitada da melhor forma. Confira cinco dicas para aproveitar a Black Friday e não ver as finanças descontroladas.

Organize uma lista com prioridades

Com promoções por todas as partes, anúncios intermináveis durante a navegação nas redes sociais e comerciais em rádios e TVs, o desejo de comprar tudo o que aparece pela frente é natural. Mas o controle nesse momento é muito importante! Cuidado com o consumismo e com os exageros. Você precisa mesmo daquela fritadeira elétrica, embora ela esteja com desconto de 30%? E a roupa que apareceu no anúncio e parece ser item de extrema necessidade? Antes de sair comprando, avalie as necessidades, faça lista com itens prioritários e tente ao máximo não escapar do planejamento. Uma compra a mais fora do orçamento pode ser motivo de endividamento.

Pesquise preços antes e durante a campanha

A Black Friday já é esperada pelos consumidores meses antes da data pela possibilidade de compras com descontos únicos e imperdíveis. Porém, todos os anos há relatos de lojas físicas e online com as “black fraudes”, aqueles valores mostrados como promocionais que, na verdade, estão sem qualquer desconto. Desta forma, já com determinados objetivos no planejamento de compras, acompanhe e monitore os valores dos produtos com frequência em diversas lojas. Assim, quando a sexta-feira mais esperada chegar, fica possível saber se os preços estão com vantagens reais ou não.

Faça contas antes de fazer compras

A oportunidade acontece em bom momento: próximo às festas de fim de ano e ao recebimento do 13º salário. Tudo pode conspirar para gastos desenfreados, mas o cuidado com as finanças pessoais deve estar sempre em primeiro lugar. Antes de comprar qualquer item, faça contas e verifique se a aquisição não vai comprometer outros gastos necessários do mês. Atenção também ao uso do cartão de crédito e o comprometimento com as parcelas no orçamento dos meses seguintes.

Atenção ao frete

Nas compras online, não basta avaliar apenas o preço em destaque ou os valore parcelados. Para que as compras cheguem até o consumidor é necessário um longo caminho que demanda gastos. Aqui entra o frete! Verifique, antes de fechar a compra, o valor da entrega. Alguns casos oferecem a tarifa gratuita, outros disponibilizam modalidade de entregas normais ou mais rápidas para escolha. O valor pode ser consultado previamente e deve ser levado em consideração até mesmo na comparação com outras lojas que vendem o mesmo produto.

Avalie as formas de pagamento

Já falamos que é importante ter cuidado no uso do cartão de crédito. Porém, é importante destacar, ainda, que as formas de pagamento devem ser estudadas antes de fechar um negócio. O parcelamento é visto como positivo porque evita o comprometimento do valor de uma só vez. Mas o pagamento à vista do valor integral pode render bons descontos. Caso tenha planejado as finanças ao longo do ano para este momento e conseguido uma boa reserva de dinheiro para a finalidade, não tenha receio de negociar o pagamento à vista para obter vantagens e economizar.

Caso não tenha o valor integral disponível, também é possível conseguir o mesmo benefício com auxílio de um serviço online que democratiza o acesso ao pagamento de contas: o Deixaqueeupago. A fintech, especializada em ajudar brasileiros a saírem das dívidas, pode ser usada a favor do consumidor nas compras da Black Friday. Ao verificar o desconto vantajoso no pagamento à vista, faça a compra por boleto bancário e envie para que o valor seja quitado pelo Deixaqueeupago. A compra é paga na hora e o parcelamento em até 12 vezes nos cartões de crédito feito com a fintech garante vantagens para o bolso e para as finanças pessoais. Clique aqui para conhecer o Deixaqueeupago e aproveite as dicas para fazer compras sem cair em furadas na Black Friday!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s