Contas apertadas? Saiba como não ter o plano de saúde cancelado

O investimento garante tranquilidade em momentos de emergência

Quando as contas começam a apertar é hora de cortar alguns gastos e reorganizar as finanças. Quem tem plano de saúde e não tem o hábito de utilizar os serviços pode colocá-lo entre os possíveis cortes. Segundo dados da Agência Nacional de Saúde, mais de 3 milhões de pessoas deixaram de ter plano de saúde entre 2015 e 2017. Em maio de 2018, o país contava com 47,2 milhões de beneficiários. A queda no número de usuários é um reflexo da situação econômica do país, com fechamento de vagas de trabalho, e de altas nos valores cobrados.

Mas vale a pena cortar o plano de saúde? A resposta curta e direta é não! Independente da modalidade contratada e mesmo que você não tenha feito consultas ou exames nos últimos meses, o plano de saúde deve ser encarado como um investimento que não deve ser perdido. Em casos de emergências médicas (que não podem ser previstas), principalmente em situações graves, os procedimentos custam caro e o investimento no plano será a ajuda no momento certo.

Quem já tem plano de saúde ou deseja contratar mas está passando por aperto financeiro deve avaliar outras alternativas, e não apenas o corte ou atraso no pagamento que leva ao cancelamento.

Como manter o plano de saúde

Na hora de avaliar os gastos e o orçamento, busque outras alternativas que podem ser cortadas ou diminuídas, seja por um mês ou por período mais longo. Lembre-se que, ao deixar de contar com o plano de saúde e precisar de algum serviço médico você terá duas opções: pagar pelo atendimento privado, com valores que talvez não estejam dentro do orçamento, ou depender do SUS, que pode não ser tão rápido como você precisa.

Existem diversas modalidades de planos de saúde e é importante conhecer cada uma delas para verificar qual se encaixa melhor ao seu perfil e suas necessidades. Talvez você esteja pagando além do necessário, consulte outras opções antes de decidir encerrar o contrato de vez.

Se seu aperto financeiro é momentâneo, uma alternativa é parcelar a mensalidade para não transformá-la em dívida e correr o risco de ter o plano cancelado. Com o Deixaqueeupago isso é possível. A fintech quita os débitos com a operadora e você pode parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito com taxa de juros que varia de 2,99% a 5,99% ao mês.

Para resolver a situação e garantir que o investimento no seu bem mais preciso, a sua saúde, continue, basta acessar www.deixaqueuepago.com.br, enviar o boleto e aguardar a proposta de quitação. Ao aceitar, o valor é pago na hora e você ganha tempo para se organizar nos meses seguintes.

Conheça o Deixaqueuepago – O jeito novo de pagar as contas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s